4 de set de 2009

A distância da Magistratura

Tem-se notado uma renovação da magistratura com a entrada de inúmeros Juízes novos nos quadros principalmente na justiça federal.

Juízes sem qualquer experiência de vida, que tratam a Justiça como se esta fosse simplesmente os disposto na legislação vigente.

Falta sensibilidade, experiência e conhecimento dos problemas sociais brasileiros.

Juízes que julgam com vendas, sem atentar-se para as situações fáticas.

Os Julgados são pura equação matemática.

A Magistratura perdeu seu glamour com a preenchimento dos quadros por técnicos legais.

Não pensam, simplesmente aplicam sem aprofundar-se em questões importantes intrínsecas aos processos.

O acesso a magistratura deveria ser possibilitada com o preenchimento de alguns requisitos, dentre os quais:

Mestrado ou doutorado em área específica do direito;
Exercício regular da advocacia por período não inferior a 10 anos.

Se não ocorrerem mudanças, melhor seria que os julgados fossem realizados por simples dedução, por um computador, como parece já feito hoje.

Quem sabe estas máquinas não tenham uma sensibilidade maior.